Buscar
  • andressa.sarturi

Ingressar no mercado de trabalho sem experiência: é possível!

Atualizado: Ago 24

A Indutar tem o programa Jovem Aprendiz que estimula o primeiro emprego

Na semana do dia 18 de Agosto celebramos a Semana da Aprendizagem, tema tão recorrente para criar renovação de conhecimento e impulsionar jovens inexperientes a colocação no mercado de trabalho. Dados apontam que no Brasil o principal fator que impede a empregabilidade de jovens é a falta de experiência, mas como ter conhecimento se nunca houve uma oportunidade? É por isso que esse tema está cada vez mais em pauta e tem como intenção auxiliar o desenvolvimento de quem busca o primeiro emprego, sem nunca ter trabalhado antes.


Dados coletados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) realizada em 2020 no País, mostram que, 77% do impedimento para se conseguir o primeiro emprego é a falta de experiência. Pensando nisso entidades ligadas ao setor estão incentivando programas e cursos que ofereçam a possibilidade do jovem participar de seleções nas empresas. Esse é o caso do Programa “JOVEM APRENDIZ”, ou seja, cursos de Educação Profissional que preparam o jovem para o primeiro emprego, proporcionando assim, contratados na condição de aprendiz por indústrias contribuintes do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), programa esse que a INDUTAR TECNO METAL faz parte selecionando jovens talentos para o mercado de trabalho.


“É muito importante disponibilizar cursos como do Senai para os jovens, essa oportunidade de crescer e transformar o presente é nossa esperança de um futuro melhor.” Abel Grave - prefeito de Ibirubá

No dia 18 de agosto é comemorado o Dia do Estagiário, outra opção de ingresso para jovens que precisam um pouco de experiência em suas áreas profissionais para a conclusão do curso de graduação, o estágio também é fundamental na vida acadêmica de estudantes, além de proporcionar vivência de mercado, um exemplo que temos “em casa” é o da Mayra Neis Lopes, 23 anos e Analista de Recursos Humanos na Indutar. Ela entrou na empresa como estagiaria em 2019, e em janeiro de 2020 foi efetivada como funcionária. A Analista de Recursos Humanos nos conta como tudo começou: “Estava muito ansiosa para iniciar e conhecer a empresa. Ao mesmo tempo apreensiva, pois seria uma área totalmente nova para minha carreira. Primeiros meses foram de intenso aprendizado, de conhecimento e comportamento dentro de uma grande Indústria Metal Mecânica. Depois me foram confiadas mais responsabilidades e comecei a me identificar com a cultura aqui da INDUTAR, o jeito família de ser, de ajudar, de fazer acontecer” completou ela. Mayra comentou como foi a evolução e a trajetória dentro da Indutar: “Iniciei acompanhando os processos do RH, aos poucos me envolvendo no recrutamento e seleção, a qual foi a primeira demanda que assumi: um grande desafio. Quando informada da efetivação, fiquei muito feliz e consequentemente me foram confiadas outras diversas tarefas, o acompanhamento e desenvolvimento de pessoas” afirmou.


A Analista de RH fala sobre a experiência que mudou sua vida e questionada sobre o sentimento que lhe ocorre, ela garante: “Gratidão pela oportunidade que me foi dada, quando não tinha nenhuma experiência na área, aprendi tudo aqui, o que proporcionou um impulso no meu crescimento profissional e pessoal. Me sinto muito privilegiada de ter recebido esta oportunidade incrível tão cedo na minha carreira”.

“As portas se abrem para quem as procurar com interesse real”. Mayra Neis Lopes, Analista de RH na Indutar

Casos como de Mayra são possíveis sim, a busca pelo primeiro emprego sem experiência e jovem necessita de oportunidade e dedicação: “Não é uma tarefa fácil, mas é preciso iniciar essa trajetória com vontade e comprometimento com o que vier, com a curiosidade e sede de aprender tudo que empresa oferecer. Busquem novos cursos, testem suas capacidades, agarrem as oportunidades. Se aperfeiçoem no que os deixa bem e felizes e o trabalho será a consequência da tua busca.


Em Ibirubá os cursos profissionalizantes oferecidos pelo Senai têm 100% do custeio pelo poder público, são mais de 60 mil reais investidos com o objetivo de desenvolver jovens para o mercado de trabalho. A administração municipal mantém o espaço e conforme o Prefeito Abel Grave a intenção é contratar mais cursos dependendo da necessidade e da demanda por trabalhadores por parte da indústria.

154 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo